Direitos Humanos das Pessoas Privadas de Liberdade: normativa internacional e a jurisprudência do sistema interamericano de direitos humanos – EditoraCEI
mockup-livro-inicial-direitos-humanos-das-pessoas-privadas-de-liberdade-normativa-internacional-e-a-jurisprudencia-do-sistema-interamericano-de-direitos-humanos.png

LANÇAMENTO

De: 65,00

Por: 54,90

em até 3x sem juros

PRÉ-VENDA com desconto válido até o dia 20.08.2022. Os livros adquiridos na pré-venda serão enviados a partir do dia 25.08.2022. Se pretende adquirir outra obra junto com esta, realize a compra do outro livro separadamente para recebê-lo antes.

Frete Grátis

volume 1

3x sem juros

Direitos Humanos das Pessoas Privadas de Liberdade: normativa internacional e a jurisprudência do sistema interamericano de direitos humanos

Páginas: 173              Volume: 1        Ano: 2022         ISBN: 978-65-00-46705-5
Dimensões: 16x23cm        Acabamento: Flexível

O presente trabalho tem como finalidade a discussão acerca da normativa internacional dos direitos humanos das pessoas privadas de liberdade, bem como a jurisprudência do sistema  interamericano sobre a temática. Para tanto, a fim de facilitar a organização e a compreensão do tema, o trabalho está dividido em duas partes.

Na primeira parte do trabalho, serão tratados os principais documentos internacionais a respeito dos privados de liberdade.

Inicialmente serão abordados os documentos concernentes ao sistema global de proteção dos direitos humanos, o sistema da ONU – Organização das Nações Unidas. Em seguida serão analisados os documentos referentes ao sistema interamericano, e por fim os instrumentos dos demais sistemas de proteção dos direitos humanos, o europeu e o africano.

A respeito do sistema global, a análise será feita acerca das Regras Mínimas das Nações Unidas para o Tratamento de Reclusos, as chamadas Regras de Mandela, o Pacto Internacional dos Direitos Civis e Políticos, a Convenção da ONU sobre a Tortura, as Regras Mínimas das Nações Unidas para a Administração da Justiça de Menores, também chamada de Regras de Beijing, o Conjunto de Princípios para a Proteção de Todas as Pessoas Submetidas a Qualquer Forma de Detenção ou Prisão, os Princípios Básicos para o Tratamento de Presos, as Regras Mínimas das Nações Unidas Sobre as Medidas Não Privativas de Liberdade, denominada de Regras de Tóquio e as Regras das Nações Unidas para o Tratamento de Mulheres Presas e Medidas Não Privativas de Liberdade para Mulheres Infratoras, intitulada de Regras de Bangkok.

Autora

Tâmara Rodrigues Araújo Sampaio

Advogada, especialista em Direitos Humanos e especialista em Direito Penal e Processual Penal.